Palácio da Bolsa do Porto / Biblioteca

A Biblioteca representa um dos primeiros serviços historicamente disponibilizados pela Associação Comercial do Porto aos seus associados, que ali iam ler jornais de todo o mundo e consultar relatórios e livros de conteúdo comercial – daí ter sido conhecida também como Gabinete de Leitura da Associação.
Constituída por milhares de livros, nela se encontram vários manuscritos e exemplares raros de inestimável valor consultivo e bibliográfico, sobretudo de carácter económico e mercantil, (indispensável para a compreensão da vida económica da cidade do Porto dos séculos XIX e XX), de entre as quais se destaca o primeiro Código Comercial de Ferreira Borges, que entrou em vigor em 1833. Este espaço é hoje utilizado como sala de recepções oficiais da Associação Comercial do Porto.
Numa posição central, surge o expressivo retrato a óleo da figura tutelar nas origens da Associação Comercial do Porto e da Casa da Praça – o juiz Ferreira Borges, pintado em 1839 por José Alves Ferreira Lima.
Mas é nas pinturas amenas do tecto que se prende a atenção. O projecto de António Carneiro foi apresentado em 2 de Janeiro de 1907, tendo como elemento central uma alegoria leve e simbólica, subordinada ao tema escolhido pelo autor – Eco, mensageiro da linguagem universal.
A Biblioteca impressiona também pela presença de um sublime relógio da autoria de Lerolle, de dois globos do século XIX, fabricados pela empresa londrina George Philip & Son, assim como, pela natureza do mobiliário: as mesas e as estantes ao gosto inglês.


Gosta do que vê? Partilhe com o mundo, aqui:

Mais Panoramas em Palácio da Bolsa do Porto
|

COMENTE AQUI


© Copyright 2017, iFuturo – Panoramas Virtuais

Powered by WordPress